quinta-feira, 10 de março de 2011

É melhor concordar

Resolvi encontrar alguém pela internet. Mundo moderno é outra coisa. Não tem erro: webcam, foto, orkut, facebook e por aí vai. Se dá pra conhecer alguém bêbado na balada, por que não na internet? Não lembro como conheci a Tati, mas trocamos msn, combinamos e eu fui até o bairro dela.

Lá na casa do Canário.  Longe, muito longe. Era falou que era Pirituba, mas devia ser em outro estado. Peguei estrada e até paguei pedágio: R$1,90. Para ir longe assim é porquê vi a foto. E pela foto, a menina deveria ser a Miss Pirituba. Lógico que não seria. A foto que a pessoa manda é sempre a melhor que ela tem. É a foto da vida dela. É a foto que ela vai mandar para avó. E, claro, é a foto que vai te enganar.


Cheguei lá, liguei e Tati veio com uma amiga. A Miss Pirituba viu, a amiga viu, as duas aprovaram e vieram falar comigo. Conversamos e percebi a Profecia da Amiga: "Não terás 2 amigas bonitas em uma mesma ocasião". E dessa vez, a amiga dela era lindíssima, e a Tati era... normal. Tinha suas qualidades, mas não era como a propaganda do msn. Na hora, tentei envolver a amiga dela, envolvo algum amigo, aí faço alguém feliz. Mas não deu certo. Claro que não deu certo e nós dois fomos para um barzinho.

No caminho, ela perguntou:
- Era você mesmo na foto?
- Sim, por quê?
- Porque está muito diferente.
- Como assim?
- Você era mais moreno.

Eu mandei uma foto de quando eu morava na praia, tomava sol quase todos os dias e estava parecendo um pneu de tão queimado. Ela insistiu nessa idéia e me questionou muito. Eu cansei de argumentar e falei:
- Vou falar a verdade: é meu irmão na foto.
- Eu sabia.

Ôôô, Canáááááio!

É bom não contrariar. Ela já tinha gostado do que tinha visto, tanto faz se eu tinha mandado a foto do Papa ou do Zé Bonitinho.

Chegamos ao bar. Bebemos, conversamos, mas não era uma pessoa que dá risada fácil. Sabe aquela pessoa que se esforça para não rir? Olha que eu me esforço antes de desistir. Muitas vezes a menina não se sente à vontade. Não era o caso. Logo pedimos a conta e ela perguntou se eu queria mais alguma coisa.
- Dá uma coca e batata grande. - respondi com deboche.
- Eu entendi, tá?
- Entendeu o que?
- Não pensa que eu sou idiota.

E ela ficou de birra. Eu pensei, pensei de novo. Fiquei sem entender. Eu tinha feito a piadinha esperando que ela falasse "seu idiota", mas ela ficou brava. Curioso, cutuquei até ela entregar alguma coisa. Ela disse que sabia o que signifcava "Mc".

Lembrei de (uns 10) anos atrás quando me explicaram que "Mc Donalds" quer dizer Motel, por causa do M grande.

A lógica:
"O que você quer?" > Batata e coca Grande> Mc Donald's> Motel

Claro que eu queria ir para o Motel (qual homem não quer?), mas não sou tão sem noção de falar isso do nada. A gente só tinha dado uns beijinhos e nada além disso. Tentei argumentar, mas não dava. Desisti, concordei, falei que era isso mesmo, pedi desculpas e fui devolver ela para a toca dela.

Chegamos do "bumbum" do mundo e, antes dela entrar, ainda ficamos no carro curtindo mais um pouco. Eis que uma senhorita carente liga me convidando para a casa dela. Eram 3 horas da manhã de sábado para domingo. A senhorita não queria jogar baralho, mas queria ooooutra diversão. Desliguei e inventei qualquer besteira, pois sabia que a Tati iria encucar e ia acabar com a farra. Ela inventou um Mc Donald's onde não tinha. O histórico dela não era favorável.

Ela achou que eu tinha namorada. Ôôô, Canário! Aí desisti mesmo. Falei um "beleza e tchau" e fui resolver o problema da senhorita. Afinal, eu estava namorando, né?

3 comentários:

  1. Não quer vir pra Pirituba de novo não? posso nao ser a Miss Pirituba, mais sei brincsr..rs MC kkk

    ResponderExcluir
  2. Q mulher é surtada, td mundo sabe... Agora surtar logo no 1º encontro??? É O CÚMULO! Ela se superou... ainda bem q vc saiu dessa... hehe

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir