quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Gente velha

Já pensou quanto é um dia? Uma semana? Um mês? Um ano? E tudo o que você poderia fazer nesse tempo? Imagine o que dá pra fazer em 25 anos. Eu já fiz bastante coisa, e esses dias estou nostálgico. Olhando coisas velhas e tudo mais. Percebi que minha rotina mudou muito. Agora eu tenho mais tempo do que eu tinha, e menos pique. Ou seja, estou velho!

Eu trabalhava e estudava nos dias de semana, e no final de semana eu saía. Às vezes, eu saía também no meio da semana. Mas hoje tenho preguiça de ir à padaria. Várias coisas pendentes, coisas que quero fazer... Espera um pouquinho. 15 minutinhos e já volto. Vou deitar e continuo a escrever o texto.





Entre outras coisas de velho está a reclamação. Claro que nem todo velho reclama, mas é um clichê ser velho e reclamar. Para mim, reclamar é um esporte. Faz parte da vida reclamar. Repare que a maiora das conversas começam com alguém reclamando:

  • No ônibus: "Menina folgada! Não dá nem lugar para a senhora sentar..."
  • Elevador: "Como é que você tem coragem de soltar uma bufa com todo mundo aqui dentro?"
  • Balada: "Esse barman desgraçado só atende a mulherada..."
  • No banco: "Só tem um caixa para atender essa multidão..."
Tente puxar conversa reclamando. É muito mais eficaz. Não diga  "Esse banco é bonito, né?". Se você falar isso, vão te achar meio afeminado ou um decorador afeminado. Se for mulher, vão pensar que você está dando mole. Se for mulher feia, é porque está dando mole mesmo.

Mas se você reclamar comparando com uma situação antiga como "... antigamente, não era assim. As pessoas conversavam", você está envelhecendo também.

As dores são sinais de velhice. Cada vez mais vejo meus amigos falando de dores, médicos, remédios, cirurgias. Daqui a pouco vamos ir ao médico e encontrar a "galerinha", cumprimentar a recepcionista pelo nome, ela vai te chamar de "Seu Vinícius, o senhor está bem?". E pior, vamos saber o problema dos amigos "É a coluna de novo?".

Será que vamos atualizar o facebook com essas coisas?

"Vinícius publicou em seu mural: O doutor disse que estou bem. Amanhã é dia de cardiologista. Vou deitar. - via twitter"

Daqui a pouco, só velho vai usar twitter e facebook.

Mas o que me fez pensar na velhice, foi o "Energia na véia" da Energia 97fm. Para quem não conhece, é um programa de manhã que toca músicas antigas. E esses dias tocou "Vegaboys"... 

Alguém diz no fundo: "É VeNgaboys"
(Velho também erra o nome das coisas.)

Então... Vengaboys. Po! eu ainda baixei essa música esses dias (2000)... 

(velho perde noção de tempo. "Esses dias" = Período entre ontem e 10 anos atrás)

Voltando.... (velho odeia ser interrompido)... Os Vengaboys...

Pois é... a idade chegou. Mas ainda bem que não é só eu. Você também está nessa.


PS: Só pra esclarecer. Respeito todas as pessoas de idade. É só uma brincadeira com o estereótipo das pessoas de RG antigo. Pois, como diz a velha e boa música do Chaves, existem jovens de oitenta e tantos anos, e também velhos de apenas vinte e seis.


2 comentários: